quinta-feira, 29 de março de 2012

Gosto de Umbu....

Delícia este gosto de umbu, os sucos de D.Célia....
Parar tudo pra tomar água-de-coco na esquina....
Romper com a rotina, ir pra longe do tédio....
Tirar poesia do dia-a-dia, sentir os gostos da vida...

As inquietações da alma na busca insaciável por inspiração,

terça-feira, 27 de março de 2012

Intimidade é uma merda...

kkkk literalmente uma merda....nunca fui o que se pode chamar de uma grande Dama, no máximo uma menina civilizada, mas ultimamente tenho me deixado levar pela intimidade máxima, uma verdadeira lavadeira de roupas, kkk, portas abertas, fósforos ao lado da cama e quase nada de etiqueta, sem contar que tenho feito piadas de quase tudo, só não pode faltar o bom humor.
A verdade é que conviver é uma grande merda kkkk, mas ao final tudo se acomoda quando se tem boa vontade, não dá pra manter a etiqueta o tempo todo, e é muito bom poder ser autentico, deixar as poses pra lá e viver como se sente, nunca gostei de pessoas muito certinhas, de aparência impecável e muito educadinhas, gosto de gente que é gente como eu, fala o que sente, mostra ao que veio, se expõe e se impõe.

segunda-feira, 26 de março de 2012

Tanto a fazer tão pouco o tempo....

Falhei, por bons motivos mais falhei com meu compromisso comigo mesma, kkkkk
Fim de semana maravilhoso é a única desculpa que tenho, fazer o quê?
Festa de Nat, os Tavares reunidos, só alegria.


Aos 15 anos de vida da minha linda prima Nat....
Que a vida te seja leve, que os amores sejam sempre intensos,
Que as viagens valham sempre a pena
e que os dias te tragam grandes desafios e
que tua família te encha a alma de alegria....

sexta-feira, 23 de março de 2012

Dos encontros e das Perdas....

Não existem pessoas perfeitas, fato...
Quem não sabe disto?
Se relacionar com o outro é viver entre a grandeza e a mediocridade, nos desafiamos a aceitar e a transformar, a entender e a tolerar, este é o aprendizado, podemos escolher um outro caminho: o isolamento, conheço pessoas que se acomodam bem no isolamento, número mínimo de amigos, pouca conversa, preservação da intimidade ao máximo, se dar ao mínimo, muito nobre mas não dá pra mim, não consigo me relacionar sem me expor, sem me entregar, tenho dificuldades com pessoas que não me permitem interagir, e só resta calar pra coisa funcionar, pessoas que estabelecem monólogos e só te cabe consentir com a cabeça, pena que com o tempo vamos deixando um monte de gente pra trás, vamos eliminando do nosso convívio, deixando pra lá, e passam a existir apenas na posta-restante.
Ao final sobrevivemos, estamos aqui contando história, rindo da mediocridade, felizes na grandeza e juntos aos sobreviventes.....

quinta-feira, 22 de março de 2012

Cheiros....

Sinto cheiros de um passado não muito distante, cheiros que entram música adentro, invadem a mente e vasculham lembranças guardadas, cheiros que abrem portais, que libertam a saudade do tempo onde ainda eramos desconhecidos, que desvendávamos um ao outro, que viajávamos de encontro ao outro, minha cabeça se confunde com os odores, cheiro de gente, cheiro de comida, cheiro de maresia, cheiro de novidade, cheiros que enchiam a alma de alegria.
A casa hoje tem outro cheiro, os acontecimentos ainda não são lembranças, ainda estão sendo vividos e intensamente vividos, esses momentos ainda não foram guardados mas estão impregnados na alma, como é difícil entender que o melhor momento é o presente e este não volta mais.
A verdade é que só temos a lamentar o tempo que disperdiçamos com pequenas coisas, o tempo que não nós permitimos viver feliz, feliz no mais amplo sentido da palavra, feliz de estar vivo, feliz com o bem e com o mal, com acerto e com o erro, com as tentativas e com os enganos, triste dos momentos que escolhemos ser tristes e mal-humorados e não entendemos que tudo no final é pro nosso bem, que tudo pode nos ensinar, se deixamos pra trás nossas lamentações intermináveis.
Hoje acordei e decidi ser feliz, ser feliz com a família que tenho, com o amor que tenho, com os amigos que tenho, com o trabalho que tenho e principalmente com a energia e saúde que tenho pra transformar tudo que me rodeia.

Brindemos a vida, tchim, tchim......

O Bem Faz Bem

9º Dia:




Neste mundo cão é muito fácil odiar, guardar rancor, amargurar, difícil é fazer o bem, não se igualar aos inimigos, não se deixar amargurar, o caminho do bem é o mais difícil, mas ainda é o único que te trás recompensas e glória....

Neste mundo onde inteligência não é um valor e a esperteza é elogiada, escolher a primeira é sempre mais difícil, requer muita inteligência emocional e espiritual pra não sucumbir.

Durante minha caminhada ganhei um desafeto no trabalho e tenho feito o jogo do não revidar, as respostas tem vindo, mais não é fácil, não é fácil mesmo, seria bem mais fácil revidar, a resposta seria imediata e descarregaria minha raiva, não tem sido fácil lidar com as energias negativas que tentam me atingir, mas hoje tive mais uma prova de que o bem faz bem.

Não quero alimentar o ciclo de ódio e rancor, e rezo pra que ele se feche da minha vida.

OBS: postagem de ontem cumprida, não postada porque a internet ficou fora do ar e não consegui postar, mas meu compromisso comigo mesma foi devidamente obedecido.....

terça-feira, 20 de março de 2012

8º Dia:
Chegou minha orbitrek, agora não tenho mais desculpas, fim das gordurinhas indesejadas, agora posso queimar calorias a qualquer momento, fim da preguiça generalizada, já estava mais do que na hora de olhar meu corpo com mais disciplina e  cuidado.
Acordei bem disposta, fiz uma faxina bem legal, ficou tudo em ordem, muito bom chegar em casa com tudo no lugar e limpinho.
Hora de aproveitar este raro momento de tanta disposição para resolver algumas pendências.
Sim, não poderia deixar de comentar que hoje o passado bateu a minha porta, boa conversa, nada de mitos, cada coisa em seu lugar, como sempre tudo termina bem quando acaba bem, me senti na obrigação de contar para meu bem, não tenho porque omitir, mas sei que o ciúmes dele é grande e que não é bom guardar segredos.
De bem com o passado, apaixonada pelo presente e cuidando do futuro o que mais poderia querer...

segunda-feira, 19 de março de 2012

7° Dia:
Dia bastante produtivo no trabalho, limpei a estante das pendência, dos trabalhos chatos que andei adiando, como cheguei hoje descansada e bem relaxada descasquei os abacaxis, sensação boa de dever cumprido, o dia voou.
Levei o maior bolo do cabeleireiro e continuo com o cabelo terrível, nem sei o que fazer com a cor das minhas madeixas.
Instalar som no carro, lavar o carro, passar na oficina e conserta-lo, vender, cobrar, muito a fazer, tão pouco o tempo.
Sinto algumas mudanças graças a minha "quaresma de blogs" estou menos insatisfeita e mais disposta ao que me propus, saindo daquele ciclo vicioso de falar muito e fazer quase nada. 


Voltar a escrever, de conversar comigo mesma tem me feito um bem danado, afinal o ano começou com o fechamento de um ciclo e  inicio de outro  ciclo na minha vida,  e isto tudo não é nada fácil de entender, só agora parando pra escrever sobre as mudança que me ocorreu é que vejo o quanto minha alma se aprisionou a novos conceitos e se libertou de outros, não estou mais só, não dependo mais só da minha vontade, o espaço não é só meu, compartilho minha vida e tudo que nela existe. 
É maravilhoso a me propor este novo desafio, mas não é nada fácil deixar a liberdade de ser só, de ser dona única e exclusivamente da minha vida.
Hoje conversei com um velho amigo, mas isto é uma outra postagem.....Melhor ficar por aqui mesmo....

domingo, 18 de março de 2012

Pra não dizer que não postei hoje...

Exausta e feliz, cansada e satisfeita.
Ótimo dia, maiores detalhes depois.
Depois de curtir bastante o Face, fotos novas de momentos legais, lembrei do meu compromisso comigo mesma, muito bom saber que tenho objetivos a cumprir e que escrever sobre mim é um passo decisivo para as mudanças que estou me propondo.
Planejar, programar, coisas a fazer mas hoje nada, agora vou é dormir, depois de um belo banho...
Bons sonhos e uma ótima semana para todos nós.

sábado, 17 de março de 2012

Dia da Preguiça....

5º Dia:
Dominados pela preguiça nos entregamos aos sofás da sala, congelados em frente a TV, o telefone já tocou diversas vezes, todos estão na praia e não conseguimos tomar uma atitude, entregues ao ócio, merecido ócio depois de um semana bem produtiva, vendemos quase todas as pratas e sandálias,em uma semana vendemos quase tudo, trabalho, amigos, família e um pequeno comércio informal, não é fácil dar conta.
Ontem tive meu momento tia, passeio e brincadeiras, depois trouxe ele aqui pra casa e curtimos um churrasco de fogão feito por meu bem, rolou até uns camarões da vizinha e vinho, muito vinho.
Boa noite, bom dia de dias simples e  muita alegria....

sexta-feira, 16 de março de 2012

Vidinha a Dois....

4º Dia:
Amor, blogs e comidas, amor com gostinho de HBO, o dia-a-dia a dois curtindo bons filmes....Sem complicações, sem  problemas a resolver, apenas sentir, viver....As horas não são rápidas, nem lentas, o dia se desenrola como deveria, nada acontece, mais tudo existe, as coisas tomam forma e se acomodam como tem de ser.
Parece que ele entendeu: duas pessoas, humanas, cheias de defeitos e limitações, que trabalham fora e chegam cansados, independente de quem trabalhou mais, todos estão cansados e isto deve ser respeitado,  duas pessoas que dividem o mesmo espaço, que sujam pra caralho, que querem morar bem, num lugar agradável e que são ambas responsáveis por tudo, sem essa de homem/mulher, ele direitos, ela obrigações, só através deste entendimento podemos viver bem, podemos curtir a companhia um do outro.
Ontem cheguei muito cansada e ele fez jantarzinho, cuidou de mim, muito legal este tipo de entendimento, amadurecer conceitos novos, que não escravizam ninguém, que não sufocam é a maneira mais justa de viver a dois.
Vivo um momento pra lá de especial, dias de esperar o outro chegar e curtir com alegria, espero e rezo que a vida se desenrole assim, assim como está, sinto com se fosse impossível se não fosse assim...


OBS: XI! será que conseguirei prosseguir minha quaresma de blogs? Deveria ter tirado os fins de semana, não sei se dou conta de parar o fluxo dos acontecimentos do FDS para postar meus sentimentos, vamos ver, será que  consigo? kkkkk

quinta-feira, 15 de março de 2012

Show de Bola.....

3º dia:

Quarta-feira, clube da Luluzinha, desta vez funcionou, fui com a Loura ao Estádio do Almeidão assistir ao jogo do Treze X Botafogo, Meu Bem foi nos levar e depois com HGão nos buscar, convite credencial e lá chegamos, sozinhas.

Ela Botafogo, eu trezeana e só alegria, foi incrível a experiência, maravilhosa a sensação de liberdade, a adrenalina do jogo, vibrações positivas, treze perdendo, derrota quase certa, pergunto e faltam quatro minutos pro final do jogo, sem esperanças e num piscar de olhos o empate, nossa, que loucura, que emoção, empate com gosto de vitória, meu treze, lá de Campina mandou bem, afinal ninguém foi lá comparar a experiência e a qualidade do Botafogo do Rio com o sofrido futebol Paraibano, que esta mudando e ainda tem muitos desafios para enfrentar.

Temos muito a aprender com os homens, sempre achei legal observar a alegria dos homens em estar na companhia dos amigos, jogar uma pelada, tomar uma, jogar sinuca e jogar conversa fora, desde que cheguei em Jampa tentei criar um clube das amigas, mas nunca funcionou, sempre o cansaço, a rotina, os namorados, as neuroses, com os homens não é assim, e olhem me dói muito admitir, mas eles é que estão certo.

Um momento pra ser só, pra sair do olhar do outro, pra se identificar com as amigas, momento pra fortalecer a amizade, mandamos bem Loura. E um dia Rio de Janeiro Vasco X Botafogo e mais alegria



quarta-feira, 14 de março de 2012

2º dia:
Vencida a preguiça fui caminhar na praia, o céu estava um pouco nublado, mas Intermares estava linda,  caminhar me faz colocar as ideias no lugar, me harmoniza, a caminhada foi tão inspiradora que até pensei em começar a surfar (essa só vendo), depois da caminhada uma água de coco perfeita, muito bom curtir meu bairro, me sentir local, estava em débito com ele, moro há quatro anos em Intermares, mas infelizmente não me integrei ao local, agora com as mudanças tenho passado mais tempo nas áreas, supermercado, padaria e o shopping local, conheço muita gente, mais ainda vivo por tambaú, é lá que as coisas acontecem, viver melhor meu bairro é uma das propostas de mudanças que me fiz, vamos ver o que acontece.
Consultas médicas agendadas, materiais pra estudo selecionados, acora é partir pra ação, vou até comprar um aparelho ergométrico, quem sabe assim não tem mais desculpas, vou comprar sim, já esta decidido. 
Estou lendo de novo Mulheres que correm com lobos, leitura mágica, me faz lembrar a Sara de 15 anos, das amigas que ficaram perdidas no tempo, lembrei muito de Ednalda que foi embora pra Sampa e perdemos contato a muito tempo, fizemos a 8ª séria juntas, compartilhavamos muitas ideias e criavamos juntas lindas agendas, cheias de alegria e questionamentos, nesta época também conheci Maria Helena, Cenilda, Ana, Cida e Samara, destas apenas tenho contato com Maria Helena, lembro como nossas cabeças ferviam de ideias, o mundo era uma ideia fascinante, os homens eram sonhos impossíveis, dividia uma paixão louca pelo professor de Handebol com minha amiga Helena, ela o beijou e eu que nem sabia como era beijar fiquei a chupar dedo, a amizade continuou dividimos muitos momentos juntas e até outra paixão pelo primo dela, mas superamos tudo isto e até rimos muitos disto tudo, hoje somos adultas que moram em cidades diferentes e que se encontram no Facebook, estive em Fortaleza, mais a rotina dela não permitiu o reencontro, mais um projeto futuro: reencontrar velhas amigas.

terça-feira, 13 de março de 2012

Quem sou eu? Quanto é dois mais dois? Onde estou?

1º Dia:
Se até o tempo muda, imagina eu, boa geminiana que sou, mudar é meu verbo preferido e este sempre conjuguei bem, sempre me propondo pequenas e grandes mudanças, apesar de ter juntado os trapos há dois meses, sinto que preciso urgentemente de mudanças, mudar a cor do cabelo (socorro!!!!), mudar os projetos de futuro, mudar de emprego, desta vez é sério, não pelo que faço, pois adoro, mais sim, pela necessidade de novos desafios e de um contracheque mais robusto, me sinto inquieta e desafiada pela vida, sei que dependo de mim, depende de uma nova postura. O coração aquietou-se mas me sinto a mil, mil e uma possibilidades, cuidar da minha alma e do meu corpo.
Sem me dar conta, minha vida está de perna pro ar, acontecendo sem mim, logo eu, que nunca me deixei levar, talvez esta seja a leveza de estar feliz, de me permitir, mas o tempo tem que andar de mãos juntas, presente e futuro, cuidar do hoje para colher amanhã....
Tentarei me manter antenada comigo mesma, postar por quarenta dias seguidos, constatar meu nivéis de humor e de decisão de mudar, de melhorar....

Quaresma de postagens....para alcançar a graça de estar em dia comigo mesma e com meu corpo...agora termino aqui e ligo pra novas providências (consultas anuais da mulher que se cuida)....

Até amanhã...

sexta-feira, 2 de março de 2012

Bom Dia Flor do Dia....

Que cheiro incrível amanheceu hoje, cheiro de terra molhado misturado com maresia, amo esta cidade, aqui sou feliz.

Quais os desafios de hoje? O que posso fazer para ter um dia maravilhoso? não sei, só sei que quero ser feliz.

Encontro marcado com o meu filhote e minha filhotinha, dia de namorar e encontrar com os amigos,dia de deixar pra lá todos os contratempos do tempo.....





quinta-feira, 1 de março de 2012

Hoje sei que nada sei....

     Incrível a quantidade de coisas que tenho que aprender sobre a vida a dois, não é nada fácil ser mulher em uma relação sem se deixar explorar.
     Dizer sua verdade sem magoar, e se magoar não humilhar e se humilhar, mesmo sem querer, deixar uma caminho de volta pra reconciliar.
    Nunca deixar que as coisas pequenas ofusquem a beleza do encontro.
    Amar não faz com que a pessoa amada fique mais bonita, mais forte ou mais inteligente, não é como nos filmes, o moçinho tira o óculos e vira o super-homem, o amor te transforma, te faz mais bonita na alma, te torna mais tolerante para os defeitos do outro, te ensina a aceitar e romper barreiras limitrófes.
     A mais bela visão - a pessoa amada, pois ela te enche a alma de alegria.
   O maior desafio - aceitação, só ao aceitar podemos transformar, pois ao aceitar somos nós transformados em pessoas melhores, se perdemos a fé na transformação, os ciclos de evolução se transformam em ciclos de desgastes e de temor.